domingo, 28 de abril de 2013

Duendes


Duendes



Duendes são personagens da mitologia europeia semelhantes a Fadas e Goblins. Embora suas características variem um pouco pela Espanha e América Latina, são análogos aos Brownies escoceses, aos Nisse dinamarqueses-noruegueses, ao francês nain rouge, aos irlandeses clurichaun, Leprechauns e Far Darrig, aos manx fenodyree e Mooinjer Veggey, ao galês tylwyth teg, ao sueco Tomte e aos trasgos galego-portugueses.


Usado por Federico García Lorca o termo parece situá-los mais próximos da categoria das fadas.
A palavra é usualmente considerada equivalente à palavra inglesa "Sprite", ou à palavra japonesa Youkai, e é usada indiscriminadamente como um termo guarda-chuva para abrigar todas as criaturas semelhantes como Goblins, Duendes (do inglês Pixies), Elfos, Gnomos, etc.
Alguns mitos dizem que Duendes tomam conta de um pote de ouro no final do arco-íris. Entretanto, se for capturado, o duende pode comprar sua liberdade com esse ouro. Outras lendas dizem que para enganar os homens, ele fabrica uma substância parecida com ouro, que desaparece algum tempo depois. Neste caso são chamados Leprechauns. Na mitologia irlandesa os Leprechauns têm mais ou menos 30 cm e atendem a desejos. Na mitologia portuguesa, o Fradinho da mão furada, e o Zanganito são seres encantados, uma espécie de duendes caseiros.


Duendes na cultura atual


Na cultura atual, duendes são seres verdes, parecidos com crianças, que adoram pregar peças nos humanos. Hoje em dia os duendes estão de volta, e fazem parte do imaginário popular das crianças, as grandes empresas utilizam tais seres nas propagandas de televisão e nos desenhos animados como os padrinhos mágicos e homem aranha como o duende verde. Apesar de muitos pensarem que Dobby, do filme Harry Potter, é um duende, na realidade ele é um elfo domestico, porem os duendes podem ser encontrados no banco do mundo de Harry Potter . Os duendes também podem mudar de forma, conforme o seu desejo e necessidade de se proteger.
Duendes
(Elementais da Terra Vegetais)
Os Duendes são alegres, amam festas, músicas e danças.O comportamento varia em geral baseiam em atitudes humanas por estarem próximos aos homens. Esta aproximação sempre é favorecida quando o ser humano está mais frágil e sensível.
Os Duendes são ligados à Terra e geralmente conseguem controlar imprevistos da natureza
Os Duendes vivem vários anos e chegam a constituir famílias. Adoram comer e fazer brincadeiras tais como esconder objetos. Alguns possuem orelhas grandes e pontudas e grande quantidade de pêlos no corpo. Quando confiam nos homens se tornam fiéis e grandes protetores.
Magnodum: Duende da Magia
Tende: Duende da Sorte
Dunaz: Duende da Natureza
Dulei: Duende da Alegria
Duendo: Duende da União
Elementais:O Ancients dividiu o mundo em quatro princípios básicos ou * elementos * terras, em água, em fogo, e em ar. Que o ponto de vista mudou na maior parte com avanços da ciência, mas os quatro elementos são aceitados, porque estão ligados com as emoções, e com a natureza do que são as explanações modernas do mundo. Estes * elementos mágicos * são também de alguma importância na astrologia. Muitos ocultistas pensam dos elementos mágicos como forças, ou como qualidades da energia especial dentro do mundo astral. Cada elemento tem um símbolo e uma cor. (os símbolos comuns são - fogo: um triângulo que aponta acima; ar: um triângulo que aponta acima e com de uma linha horizontal através do meio dele; terra: um triângulo que aponta abaixo e com uma linha horizontal através do meio dele; água: um triângulo que aponta para baixo.) As cores dos elementos são - fogo: vermelho; ar: amarelo; terra: marrom e verde; água: azul. Magick vê relacionamentos entre coisas. Estes relacionamentos são chamados correspondências. Embora as correspondências mágicas não sejam literalmente iguais a uma outra, você pode pensar delas de que maneira (tal como o ouro iguala o sol). 


As tabelas destes relacionamentos, chamadas tabelas da correspondência, estão disponíveis. Assim um coisa ou símbolo podem ser usados para sugerir outro.
Alguns usam roupas tecidas do elemento em que vivem. Em outros casos a sua vestimenta é parte deles mesmos e cresce com eles como o pêlo dos animais. Afirma-se que os gnomos têm apetites insaciáveis e que gastam uma grande parte do tempo comendo; mas ganham seu alimento através de um trabalho diligente e consciencioso. Muitos são de temperamento avaro e gostam de acumular coisas escondidas longe, em plantas secretas. Existem provas abundantes de que as crianças pequenas freqüentemente vêem gnomos, na medida em que seu contato com o lado material ainda não está completo e que elas funcionam, mais ou menos conscientemente, nos mundos invisíveis.
Os duendes estão estabelecidos no distrito de Dartmoor, na Cornualha.
É difícil citar um lugar em Dartmoor, que não seja "assombrado" pelas verdes criaturas travessas. Eles emprestam seus nomes a muitos marcos divisórios, Bosque dos Duendes, Cavernas dos Duendes, Salão dos Duendes, Pedra dos Duendes. Os pequeninos dançam às sombras das pedras verticais, ou fazem travessuras nas margens pedregosas dos riachos. O repicar de seus sinos pode ser ouvido no fundo do coração dos muitos picos rochosos dos terrenos não cultivados.
Os duendes traquinas adoram roubar cavalos e pôneis para cavalgarem loucamente pela chanerca, enrolando e embaraçando suas crinas, fazendo com que esvoacem ao vento. Mesmo em casa, não se está seguro com relação a eles pois gostam de atirar potes e panelas nas cozinheiras.
Embora apreciem muito uma brincadeira, os duendes são trabalhadores e esforçados e são vistos freqüentemente à noite debulhando milho em troca de pão e queijo.
As lendas dizem que são pequenos anões, um gnomo ou duende pode variar de 3 a 30 cm de altura. O comportamento varia em geral baseiam em atitudes humanas por estarem próximos aos homens. Esta aproximação sempre é favorecida quando o ser humano está mais frágil e sensível.
Os Duendes são ligados à Terra e geralmente conseguem controlar imprevistos da natureza. Tanto Gnomos como Duendes vivem vários anos, cerca de cem anos e chegam a constituir famílias. Adoram comer e fazer brincadeiras tais como esconder objetos. Alguns possuem orelhas grandes e pontudas e grande quantidade de pêlos no corpo.
Quando confiam nos homens se tornam fiéis e grandes protetores. 

                 Os guardiões do reino vegetal 


Os espíritos que trabalham com as árvores, matas e florestas são os joviais duendes - que com seus olhos amendoados, corpo esverdeado e pés em formas de folhas, revelam sua íntima conexão com o reino vegetal.
A este grupo de elementais ligados às plantas pertencem os silvestres, os sátiros, as dríades, as hamadríades, os durdalis, os elfos e os "homenzinhos velhos das florestas". Muitos desse elementais são habitantes indígenas das substâncias em que trabalham. Por exemplo, as hamadríadres vivem e morrem nas plantas ou árvores de que são parte. Afirma-se que cada arbusto, planta ou flor tem o seu espírito de natureza, que freqüentemente usa o corpo físico da planta como sua habitação. Os antigos filósofos, reconhecendo o princípio da inteligência que se manifesta analogamente em cada setor da natureza, acreditavam que a qualidade da seleção natural, exibida por criaturas que não possuíam mentalidades organizadas para tanto, expressavam decisões dos próprios espíritos da natureza. Assim, em defesa da planta que habitava, o elemental aceitava ou rejeitava elementos alimentícios, depositava na planta matérias colorantes, preservava e protegia a semente, e realizava muitos outros serviços benéficos. Cada espécie era servida por um tipo diferente, porém apropriado, de espírito da natureza. Aqueles que trabalhavam com cogumelos venenosos, por exemplo, tinham aparência ofensiva. As grandes árvores também têm seus espíritos da natureza, mas estes são muito maiores que os das plantas pequenas.
Nascimento
Os duendes vêm atormentando a raça humana desde a idade média, quando a bruxa Estravogilda decidiu ir a um show de metal ao som de bandas como Kamelot e Falconer.
Nesse show, Estravogilda levou 49 foras em apenas uma noite, sendo três dos seguranças e um de um bêbado que encontrou no banheiro, apartir daí decidiu se vingar daquela sociedade opressora e difamatória, que era dominada pela aparência. Foi então que ela decidiu criar os duendes. Depois de consultar o seu amigo e futuro criador da bomba atômica, Betinho (Albert Einstein), Estravogilda usa os dons da alquimía para transformar crianças levadas em duendes em um processo doloroso e longo.
Após sua criação, os recem nascidos duendes não tinham um objetivo fixo em suas mentes, apenas o de fazer o mal às pessoas e lucrar em cima daquilo. Foi ai que decidiram que iriam roubar pequenos objetos das pessoas para trazer dor e sofrimento. Sua primeira atuação foi pegar um anel de ouro que estava em cima de uma mesinha. Após o ocorrido houve uma terrível guerra sanguinolenta entre dois reinos, porque aquela seria a aliança de casamento que selaria um acordo de paz que duraria 10 séculos, mas houve um grande mal entendido e pensaram que os caras do reino rival tinham roubado o anel para dar a entender, que após selarem o acordo, o anel do rei seria deles para sempre e sempre. Essa história termina com uma guerra, muitas mortes e um anão do pé grande interpretado por Elijah Wood. 

Por causa de sua pequena estatura e sua incrível agilidade, os duendes conseguiam roubar objetos com muita facilidade e poucos eram percebidos.
Os duendes foram estudados à fundo por ciêntistas da FUBÁ - Federal University of Bahia, e descobriram fatores importantes de sua constituição: - Os duendes são seres aplóides. - Se multiplicam de forma assexuada por meio da meiose. - O corpo dos duendes é formado por 50% de cerveja amantegada, importada direto de Hogwarts pelos irmãos Wesley. 30% é formado por pecinhas de "Lego". E 25% de... alguma coisa aí.
Eles vivem escondido dos humanos, costumam ficar em bosques com muitas flores e alimento, conhesido pelo curioso fato de roubar esqueiros de pessoas desleixadas, na década de 80, foi visto um pegueno duende, no Brasil, pelo 'Wangladery', um escritor bem famoso na década. Ele falou q é um ser bem parecido com os humanos, esperto, agil, e bem temperamental, quando esta de bom humor, costuma ficar subindo nas folhas de pequenas plantas, para colher o necta, e matar a sede em pequenas gotas de orvalho, bem conhecido por usar gorros grendes, pois carregam seus alimentos colhido dentro de seus gorros. alguns duendes que são afetados pelo crescimento urbano, moram bem perto dos humanos, e gostam de comer restos, como o açucar, mel, doces.